terça-feira, 18 de abril de 2017

Saúde da Mulher


É um tema que nós mulheres temos sempre que ter em mente, a nossa saúde é o mais importante sem ela não conseguimos fazer mais nada, e temos que ter maior cuidado que os homens. Não é que os homens não precisam cuidar da própria saúde, é que no nosso caso é tudo interno, e por conta dessa natureza precisamos ser mais cautelosas e prestar atenção em detalhes.

Sempre prestem atenção no corrimento que aparece na calcinha, se ele estiver de cor diferente do habitual, cheiro forte é importante ir ao ginecologista e descobrir o que está acontecendo. Sempre siga as orientações de seu médico caso tenha que tomar ou passar algum medicamento, existem casos que não podemos ter relação sexual por alguns dias, é importante seguir os dias corretamente para não ter um agravante, piorar ou voltar a ter o que te incomoda.

Importante observar a cor da vagina (rosada), se tem algo coçando ou alguma alteração como bolinhas, bolhas, feridas, ardência, caroços etc, pode ser um sinal de D.S.T. ou alguma outra doença.

Caso na hora da relação sexual você sinta algum incomodo como dor, é um sinal que o corpo está te enviando para mostrar que há algo errado, o mesmo se sentir dor ao urinar pode ser infecção urinária. Em todas essas hipóteses não ignore os sintomas e vá buscar ajuda de um profissional. É necessário e tem que virar um hábito na sua vida fazer o teste do toque nos seios, caso perceba alguma alteração, caroços etc, não hesite em procurar um médico.

Saúde da mulher não se resume em evitar doenças, e sim inclui praticar atividade física, alimentação balanceada faz parte da nossa saúde. Ter relações sexuais regularmente faz muito bem para nossa saúde tanto física como mental, nos relaxa, alivia o estres. E lógico que não precisamos estar acompanhadas para ter prazer sexual, podemos nos tocar, descobrir sozinhas as que mais gostamos, fazendo uso (além das mãos) de vibradores, existem muitos brinquedos eróticos legais como massageadores de clitóris, pênis realísticos com sabores e cores, vibradores de vários tipos como o personal e do ponto G, tem também vibradores líquidos, tudo uma delícia e garanto que você vai amar, só não esqueça do lubrificante ;) isso e muito mais tem no site www.ousadiasexyshop.com.br vale a pena conferir.

Falando do misterioso ponto G, sim ele existe. Se localiza a uns 5 centímetros dentro da vagina, é uma parte um pouco enrugadinha, com o dedo dá pra sentir e descobrir onde ele fica exatamente em você, dizem que tem mulheres que não desenvolveram ou não nasceram com o ponto G, mas vale a pena tentar descobrir.

Você pode praticar para fortalecer a região vaginal, deixando seu parceiro cheio de prazer, o pompoarismo ou ginástica vaginal, ela é igual à musculação só que na região íntima. Pode ser feito sozinha apenas contraindo a vagina (abrindo e fechando), como pode ser usado as bolinhas tailandesas e também os cones. Os cones são pesos variados para a prática, os objetos auxiliam no fortalecimento vaginal, no site do Ousadia Sexy Shop tem esses instrumentos.

Amigas cuide-se, a saúde é muito importante na nossa vida! Qualquer sintoma de algo diferente vá ao médico ginecologista.

👉Comentem e sigam o blog pessoal, nos ajudem na divulgação do Segredinhos, ficamos agradecidos de coração 💝💝.
www.ousadiasexyshop.com.br


terça-feira, 11 de abril de 2017

Canal vaginal largo


Um modo fácil de saber se seu canal vaginal é largo será no ato sexual, como é um local sensível você saberá através das sensações que estará sentindo. Muitas pessoas preferem o sexo anal por ser mais apertadinho achando mais prazeroso.

Uma leitora nossa que acompanha o Segredinhos dividiu com nós a sua história, vamos chama-la de Gabi ;)

“Eu não me ligava nisso, não sabia que tinha diferença entre canais vaginais até me relacionar com meu atual namorado. A primeira vez que fizemos sexo ele ficou meio estranho, mas pra mim tinha sido muito bom. Demoramos um tempinho para tocar nesse assunto, um dia estava conversando e o assunto surgiu, ele queria fazer o plano B, que é o sexo anal. Eu não tinha experiência, mas como adoro novidades topei. Ele falou que lá é apertadinho e o prazer bem melhor. No começo tive um certo desconforto, só que adorei as posições...e acabamos não fazendo mais pela frente, só no plano B. Comecei a ficar enjoada da mesma coisa sempre e quis fazer o sexo vaginal, ele não se animou muito, só que topou.. Percebi que o prazer não era igual, além da diferença de locais e posições, percebi que meu canal vaginal é largo, já não sei se sempre foi assim ou ficou depois que tive o meu filho de parto normal. O problema surgiu que eu gosto de ambos tanto o sexo anal como o vaginal, e ele não gosta, prefere 100% o anal e disse que meu canal é largo e não consegue ter muito prazer. Fui pesquisar na internet, conversei com uma amiga minha e descobri que passando um produto ele dilata meu canal vaginal e fica mais apertadinha, comprei e passei! Meu namorado aprovou a novidade, o sexo não fica mais entediante conseguimos sentir prazer sempre.”

O que aconteceu com a Gabi acontece com muitas mulheres, esse produto que ela falou é o adstringente, basta passar um pouco do produto no canal vaginal, aguardar alguns segundos. Ele realmente dilata o canal vaginal, e se a mulher quiser sentir também é só passar no pênis e o melhor ninguém sente dor.

É uma alternativa para quem deseja deixa-la mais apertada na relação sexual. E para as mulheres que tem o canal vaginal apertado, e se incomoda na hora do sexo, existe os dilatadores vaginais, você vai usando semelhante aos cones de peso para a ginástica vaginal. Caso você fique curiosa ou queira comprar entre no site www.ousadiasexyshop.com.br, nesse site tem uma variedade de marcas e vários tipos de adstringentes. Mas não utilize com gel comestível para sexo oral, porque o sabor mudar e fica ruim.


Esse produto não vai diminuir seu canal, mas vai proporcionar prazer no momento íntimo com o amado.

👉Comentem e sigam o blog pessoal, nos ajudem na divulgação do Segredinhos, ficamos agradecidos de coração 💝💝.
www.ousadiasexyshop.com.br

terça-feira, 4 de abril de 2017

Não posso ter filhos... E agora?


A opção vira regra.

Vários relatos de mulheres que nunca tiveram a maternidade como primeira opção de seus objetivos pessoais, mas em uma jogada da vida essa mesma mulher não poderá ter filhos, com essa informação bate aquele pensamento de: “porque estou chocada agora?”

Geralmente pensamos em casar ou não, mas em ter filhos futuramente seja produção independente ou não, e vem essa notícia que te deixa pasma, sem reação com uma sensação estranha de que algo está tecnicamente fora do contexto vida, essa informação pode vim através de resultados de inúmeros exames feitos, tentativas de fertilização ou até mesmo por questões genéticas que você sabe que os filhos biológicos poderão nascer com alguma doença e por isso optou por evitar, prevendo um provável sofrimento dos futuros filhos.

Seja lá qual for à razão, o importante é saber que cada um tem na vida aquilo que consegue suportar, e se essa questão apareceu para você, tenha em mente que terá forças suficientes para entender, compreenda o que está havendo, conseguirá superar e saber quais são as soluções, as alternativas que você tem para ter filhos, podendo ser inseminação artificial e a adoção.

Essa é uma situação muito delicada e difícil para a mulher, mas você possui forças que nem imagina e conseguirá passar por isso com a ajuda de pessoas que te amam e te apoiam.

👉Comentem e sigam o blog pessoal, nos ajudem na divulgação do Segredinhos, ficamos agradecidos de coração 💝💝.
www.ousadiasexyshop.com.br